O que é chamado de “narcisismo sexual”


Oswaldo M. Rodrigues Jr.
Psicólogo (CRP06/20610)
psicoterapeuta sexual e de casais
Instituto Paulista de Sexualidade – InPaSex
http://www.inpasex.com.br

Este é um termo que alguns profissionais de saúde mental preferem chamar de narcisistas perversos. São pessoas que tem uma combinação com o comportamento sexual de dependência.
Existem algumas razões para considerar estas pessoas como narcisistas sexuais e até algumas maneiras de se saber se você vive com uma destas.
O que se denomina narcisista sexual é uma pessoa que não sabe se relacionar e manter intimidades com as parcerias. Eles não conhecem outra maneira de se relacionar. Eles não compreendem isso e não entendem que poderiam ser diferentes ou que as pessoas com quem convivem tem outras necessidades, diferentes das dele. Sendo assim, eles machucam emocionalmente as pessoas com quem convivem.
O narcisista usa de sedução e manipulação, com o poder que tem explora as parcerias, e as trata como objetos para a satisfação pessoal.
O narcisista derrama no outro suas coisas ruins por ser impossível conviver com estas ideias e pensamentos.
Falta-lhes empatia, compaixão e uma compreensão sobre os outros e sobre si mesmo. Assim ignoram completamente os sentimentos da outra pessoa, e tomam para si, no relacionamento, o que querem para satisfazerem-se, entendendo que podem fazê-lo.
No ato sexual eles se sobrepõe à parceria, coagindo-a para fazer sexo nos momentos que ela não gostaria de fazê-lo. A coação se faz por imposição e jogos de palavras que lhe dão a sensação desse direito, e assim será a outra pessoa submetida.
A parceira é percebida em débito com ele, portanto ele entende que ela fará o que ele quer. E sob coação, ela efetivamente fará, mesmo que não perceba que determinados atos lhe sirvam ou estejam de acordo com seus padrões morais.
O narcisista não tem muitos limites, assim forçará a parceira a atos que ela não precisa, mas ele manipulará, intimidará, seduzirá… um dos métodos será uma forma de abuso psicológico no qual informações são distorcidas, seletivamente omitidas para favorecer o abusador ou simplesmente inventadas com a intenção de fazer a vítima duvidar de sua própria memória, percepção e sanidade. Estas manipulações são feitas em direção ao desejado, usando o mentir para chegar ao que querem.
Durante o sexo o narcisista não está conectado emocionalmente com a outra pessoa, não lhes importando se elas estão tirando prazer do ato a dois. Afinal, para ele, o que ocorre, é um direito adquirido, ele só está tirando o prazer que lhe é devido pela parceria.
Alguns narcisistas sentem um prazer extra pela parceria não estar obtendo este prazer no contato a dois. Se ela disser que lhe faltou algo, que algo não estava bem, o jogo será virado com ataques e agressões defensivas pelo narcisista, tornando-se vítima da situação. Assim faz a parceria sentir-se culpada. Argumentos simples serão sempre usados com frases do tipo “mas você não me parou”, “você nunca quis fazer sexo, você não tinha vontade, e se você me falasse, eu iria fazer outra coisa”. Claro que uma forma de forçar será sempre perguntar “Você gostou, não foi?” ou reforçando a situação “você sabe que me excita fazer sexo mesmo quando não está a fim”.
Essa falta de interação e apatia pode trazer problemas sexuais de excitação (dificuldades eréteis nos homens e falta de lubrificação vaginal nas mulheres). Assim o narcisista precisa e um ato sexual que os tire da chatice que vivem, seja estimulante, precisam de sobre estimulação erótica. Isso facilita que tenha mais e mais atividades sexuais pervertidas e que não são consideradas comuns ou morais. O uso de pornografia é comum facilitando a busca de novas formas de excitar-se. A busca leva a extremos que chegam ao estupro, o assalto sexual, fetiches de todos os tipos, perversões e explorações de pessoas rebaixando a objetos.
Eles têm grande prazer vendo a parceria fazer algo que ela não quer, apenas para ele ter prazer. Mostrar que tem prazer em tirar algo da outra pessoa e mostrar como ele conseguiu e o quanto poderoso ele é.
E o que podemos olhar para saber se acontece ao nosso redor?
1 – Eles querem sexo de você todos os dias, muitas vezes mais, fazendo você sentir-se culpada por não querer sexo;
2 – Assistem bastante pornô e se masturbam frequentemente;
3 – Você se sente objetificada por ele – algumas vezes implica em ser apalpada nas nádegas quando você está lavando pratos, falar sobre outras mulheres de modo a serem inferiores a homens, sem considerar as necessidades sexuais ou sentimento;
4 – Eles ignoram você ou se diz não para o sexo eles continuam a tentar o sexo.
5 – Não se sentir sexualmente segura ou com intimidade ao lado dele, parecendo uma obrigação;
6 – Se você estiver confortável com a situação sexual proposta, ele a fará sentir-se estúpida, envergonhada e desapontada se algo for diferente do que ele quer;
7 – Eles procuram dominação no sexo, papéis que envolvem fantasias de estupro, brincadeiras nas quais a parceira é uma adolescente, não questionar ou mostrar-se importar-se com o que sente durante a atividade sexual…
8 – Quer fotografar e fazer vídeos para assistir depois…

Estes são sinais em sua parceria sexual que podem significar que precisa de ajuda de um psicoterapeuta para debater e compreender o que lhe acontece neste setor de sua vida.
Assim foram construídas relações que hoje chamamos de tóxicas, onde existe medo da outra pessoa, impossibilidade de mostrar seus valores morais e limites, sentir-se respeitada enquanto pessoa no que quer ou pode querer. A psicoterapia auxiliará a libertar-se, desenvolver mecanismos de como enfrentar esta situação e mesmo como sair dela.

Anúncios

Sobre Psic. Oswaldo M. Rodrigues Jr.

Psychologist and sex and couple´s therapist at Instituto Paulista de Sexualidade www.inpasex.com.br Psicólogo e Psicoterapeuta Sexual e decasais do Instituto Paulista de Sexualidade www.oswrod.psc.br
Esse post foi publicado em comportamento sexual compulsivo, Desejo Sexual, psicoterapia, satisfacao sexual. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s